Enduro das Flores! Lama na final da Copa MXF Rio!

No dia 6 de novembro, Rio das Flores, recebeu por mais um ano, a final da Copa MXF Rio com grande festa para pilotos e acompanhantes, mas… São Pedro não deu trégua nem durante a semana e nem no sábado, e muitos que não curtem andar na chuva e no barro não participaram do evento, uma pena, porque mesmo com a forte chuva, a prova foi elogiada por muitos!

14993392_889447297859439_4204922896926267248_n

Por Adalto Gomes FIlho

Rio das Flores, sempre foi um dos melhores lugares para se andar na copa. Com suas trilhas de dificuldades baixa e com poucas pedras, quem curte andar de moto sem fazer força, lá encontra no paraíso, é realmente muito bom!

Levantamos a prova a 21 dias atrás do evento acontecer, calor doido, muita trilha, sobe e desce, como a turma da copa esta curtindo desafio, fiz um prova um pouco mais puxada, mas sabia que se chovesse ia apimentar um pouco, mas devido as fortes chuva, a pimenta ficou sem medida o que seria só para arder lingua, ficou queimando a boca toda! Kakakaka

No sábado, sai com Beto, Bala e Vitinha para fazer um reconhecimento da trilha, não poderia imaginar o que vi, era lama de mais, tudo muito liso, alguns sabidões não tinha como subir, e o que fazer, vamos cortar, melhor do que botar o piloto em risco, e foi o que fizemos, ficamos bolando o que iriamos fazer, e depois que Tiago de Valença, um dos diretores de prova chegou para reunião, acabamos de fazer os devidos acertos.

Como o lema do piloto de enduro brabo é: “o mais pior é o melhor”, o pior teve que ficar de fora, mas mesmo o manso ficou brabo, pois andar na estrada de chão em pé sem cair, já era um fato incrível e inédito! Kakakaka

Um dos sabidões que deveria ser cortado e não pode ser de ultima hora, foi o grande tcham da prova! Fiquei nesse ponto, explicando para a turma o que fazer, muitos agarraram, mas a categoria máster, passou toda sem ninguém agarrar, os pilotos dessa categoria são brutos mesmo! Depois de todos das outras categorias agarrarem, me chega um moleque magricelo, de uns 1,90 mts de altura, com uns 18 anos de idade, mira e passa todo mundo e some, e detalhe, o melhor que os pilotos da máster, esse menino se chama Gabriel Alves, vulgo magrinho de Friburgo, ele foi o piloto que mais zerou PCS, total de 26, e que perdeu menos pontos, total de 680, sendo que 240 foi adiantado! Kakakakaak

Depois do neutro, sol forte, e o que era barro, ficou com grip e a prova ficou ótima, se eu soubesse disso, tinha colocado para largar ao meio dia, mas vai saber…

Chegada da prova, Pousada do Lago, grande festa, ótimas risadas, e uma saudade grande do ano que passou! Nesta quinta, reunião com os diretores de provas para formular as etapas de 2017, nem acabou o ano, e o couro ja esta cantando, a diretoria da Copa MXF Rio não para!

Agradecemos todos os pilotos que estiveram presentes na prova, em especial aos amigos do estado de Minas que todos os anos vem abrilhantar nosso evento, meu muito obrigado a todos e ate 2017

Agradeco também ao Rogerio Silva, que sempre nos ajudou em todas as edições, ao Jaburu, Bocao, Nono, Henrique, Angelo, Bala, Rafael, Vitinho, Beto, Paulada, Jaime, Mesquita, Boca, Tiago, Marco, Cibalena, Orelha, Beto Mesquita, Diogo… A turma que fez historia no Enduro das Flores que esse ano completou 15 anos, sim 15 anos de muitas trilhas, muitos causos e muitos amigos, realmente muito bom

Clique aqui para abrir o resultado e clique nas fotos para abrir a galeria!

Deixe uma resposta