Brasileiro Bruno Crivilin sobe para a sexta posição da E1 na classificação do Mundial de Enduro

Brasileiro Bruno Crivilin sobe para a sexta posição da E1 na classificação do Mundial de Enduro

Brasileiro Bruno Crivilin sobe para a sexta posição da E1 na classificação do Mundial de Enduro
Com a motocicleta CRF 250RX, o piloto Honda completa segunda etapa do campeonato, em Edolo, na Itália

Edolo (Itália) – O brasileiro Bruno Crivilin avançou uma posição na classificação da categoria E1 do Campeonato Mundial de Enduro, após a segunda etapa finalizada neste domingo (27/6), em Edolo, na Itália. O piloto Honda ocupa agora a sexta colocação, com 36 pontos, da classe para motos até 250cc, com a CRF 250RX.

O segundo dia de provas também foi composto por quatro voltas em um percurso de 30 quilômetros, divididos em três especiais (trechos cronometrados), sendo um Cross Teste, um Enduro Teste e um Extreme Teste. Bruno Crivilin fechou o domingo com a oitava colocação na E1 e com a 26ª posição na Enduro GP, ranking geral que reúne os principais pilotos que compõem a elite da modalidade.

“Finalizada a rodada dupla, com as etapas em Portugal e daqui da Itália. A prova deste fim de semana foi bem dura para mim. Senti muito a parte física, mas o ponto positivo é que sei que tenho velocidade para andar mais na frente e o que me faltou foi força. Toda essa experiência me fez crescer muito, porque o nível do Mundial é realmente bastante alto. Estou muito feliz pela oportunidade de estar aqui disputando com os melhores do mundo”, destaca o brasileiro, dono de uma medalha de bronze em 2020 na classe J1 (para pilotos até 23 anos e com motos até 250cc).

Quem levou a melhor no dia na categoria foi novamente o piloto da casa, o italiano Andrea Verona, que também lidera o campeonato na categoria E1. Na Enduro GP, a vitória na Itália e o primeiro lugar na classificação é de Brad Freeman, da Grã-Bretanha.

A participação de Bruno Crivilin no Campeonato Mundial de Enduro faz parte dos projetos internacionais da Honda Brasil. O capixaba de Aracruz integra a equipe S2 Motorsport, comandada pelo italiano Alex Salvini, piloto da classe E2 e campeão mundial da modalidade. O próximo desafio dos pilotos do Mundial de Enduro é o GP da Estônia, em Saaremaa, de 16 a 18 de julho.

Resultados – Campeonato Mundial de Enduro 2021

Classificação após a segunda etapa (cinco primeiros)

Categoria E1
1 – Andrea Verona #99 (ITA) – 77 pontos
2 – Davide Guarneri #39 (ITA) – 71 pontos
3 – Antoine Magain #71 (BEL) – 51 pontos
4 – Samuele Bernardini #6 (ITA) – 49 pontos
5 – Davide Soreca #10 (ITA) – 46 pontos
6 – Bruno Crivilin #11 (BRA) – 36 pontos – Honda S2 Motorsport

2ª etapa – Edolo – Itália

Dia 2 (cinco primeiros)

Categoria E1
1 – Andrea Verona #99 (ITA) – 59:51.54
2 – Davide Guarneri #39 (ITA) – 1:00:13.45
3 – Antoine Magain #71 (BEL) – 1:00:32.74
4 – Davide Soreca #10 (ITA) – 1:02:01.91
5 – Samuele Bernardini #6 (ITA) – 1:02:14.52
8 – Bruno Crivilin #11 (BRA) – 1:04:26.42 – Honda S2 Motorsport

Classificação geral (Enduro GP)
1 – Brad Freeman #12 (GBR) – 58:24.94
2 – Wil Ruprecht #57 (AUS) – 58:52.41
3 – Steve Holcombe #1 (GBR) – 59:49.52
4 – Andrea Verona #99 (ITA) – 59:51.54
5 – Josep Garcia #26 (ESP) – 1:00:03.85
26 – Bruno Crivilin #11 (BRA) – 1:04:26.42 – Honda S2 Motorsport

Dia 1 (cinco primeiros)

Categoria E1
1 – Andrea Verona #99 (ITA) – 59:50.60
2 – Davide Guarneri #39 (ITA) – 1:00:41.35
3 – Antoine Magain #71 (BEL) – 1:01:14.04
4 – Samuele Bernardini #6 (ITA) – 1:02:04.66
5 – Kirian Mirabet #38 (ESP) – 1:02:55.93
6 – Bruno Crivilin #11 (BRA) – 1:03:32.29 – Honda S2 Motorsport

Classificação geral (Enduro GP)
1 – Brad Freeman #12 (GBR) – 57:57.37
2 – Wil Ruprecht #57 (AUS) – 57:59.69
3 – Josep Garcia #26 (ESP) – 59:47.93
4 – Andrea Verona #99 (ITA) – 59:50.60
5 – Billy Bolt #157 (GBR) – 1:00:17.89
25 – Bruno Crivilin #11 (BRA) – 1:03:32.29 – Honda S2 Motorsport

Calendário do Mundial de Enduro 2021
1ª etapa – 18 a 20 de junho – Marco de Canaveses – Portugal
2ª etapa – 25 a 27 de junho – Edolo – Itália
3ª etapa – 16 a 18 de julho – Saaremaa – Estônia
4ª etapa – 22 a 24 de julho – Skovde – Suécia
5ª etapa – 8 a 10 de outubro – Zschopau – Alemanha
6ª etapa – 15 a 17 de outubro – Langeac – França

motoraid