Brasileiro de Motocross, Abertura adiada

Brasileiro de Motocross, Abertura adiada

A Confederação Brasileira de Motocross (CBM) divulgou em março o adiamento da abertura do Brasileiro de Motocross. Segundo a entidade com a pandemia da Covid-19 que ainda assola o país e o mundo no ano de 2021, ela optou por adiar a abertura do campeonato deste ano, que aconteceria no dia 16 de maio, em Fagundes Varela (RS). A nova data prevista é 15 de agosto e a cidade-sede permanece a mesma. A ideia é de que, com o período maior para o início da competição, a situação possa estar normalizada e as etapas aconteçam sem interrupções.

O adiamento foi uma decisão conjunta entre presidência e diretoria da modalidade, que optaram por prezar pela saúde de todos que costumam estar envolvidos no evento, como organização, pilotos e suas equipes, imprensa e o público, responsável por tornar o espetáculo ainda mais bonito. “Claro que estamos ansiosos para o começo do campeonato, mas sabemos que temos que esperar. Até lá, traçaremos melhorias para fazer uma abertura digna, do jeito que o Campeonato Brasileiro de Motocross merece”, diz Wesley “Pakito”, diretor de Motocross da CBM.

Ele afirma que o aviso dado com antecedência também permite que os pilotos e suas equipes possam se preparar sabendo o período de início das provas, com relação a treinos e logística. “Nisso eles fazem seus trabalhos da maneira como acham que devem ser feitos até agosto”, fala. A ideia, segundo a entidade, é de que pelo menos sete etapas sejam realizadas, como prevê o Regulamento do Campeonato Brasileiro de Motocross 2021.

Além disso, o mês marca o fim do inverno, período mais propício para a propagação de vírus que causam doenças respiratórias, de acordo com estudos científicos como o do The Centre for Evidence-Based Medicine (CEBM), da Universidade de Oxford.

motoraid