Bruno Crivilin com bons resultados no Mundial de Enduro

Bruno Crivilin com bons resultados no Mundial de Enduro

O último dia de competição da segunda etapa do Campeonato Mundial de Enduro, em Peso da Régua, em Portugal, também foi bastante positivo para Bruno Crivilin. Neste domingo (15/5), o brasileiro da equipe Honda S2 Motorsport manteve o bom desempenho com a moto CRF 250RX e registrou novamente resultados expressivos em especiais (trechos cronometrados), como a quarta colocação na E1 e o sétimo lugar na Enduro GP, no Extreme Teste 1.

Ele avançou uma posição e obteve uma nova melhor marca na Enduro GP, classe que reúne os pilotos mais rápidos da competição. No sábado (14/5), Crivilin terminou o Extreme Teste 2 em terceiro na E1 e em oitavo na Enduro GP.
Foram mais três voltas em um trajeto de 70 quilômetros, que incluíram o deslocamento e as 12 especiais, divididas em Enduro Teste, Cross Teste, Extreme Teste e Super Teste. Os pilotos encararam mais de sete horas de prova. Bruno Crivilin finalizou o domingo em sétimo na categoria E1 e em 19º na Enduro GP. “Estou feliz com o resultado. Melhorei bastante a minha performance. Comecei forte, tive alguns erros, mas na terceira volta me recuperei. Andei boa parte do dia entre os 15 mais rápidos do mundo”, conta o piloto de 25 anos, natural de Aracruz (ES).

Na classificação do campeonato na E1 após duas rodadas, Crivilin subiu para a nona colocação e tem 29 pontos. O líder é o italiano Andrea Verona. O brasileiro ainda não pontuou na Enduro GP. “Ganhei um ritmo muito forte nesta etapa. Foram dias bem intensos, porque semana passada competimos na Espanha. Agora é descansar que logo teremos mais uma rodada dupla. A temporada só está começando”, finaliza o atual tetracampeão brasileiro de enduro na E1 e Enduro GP.
O campeonato continua em Carpineti, na Itália, de 24 a 26 de junho, e já no fim de semana seguinte, 1 a 3 de julho, em Coimbra, novamente em Portugal.
Resultados – 2ª etapa do Mundial de Enduro 2022
Classificação após 2ª etapa (cinco primeiros)

Categoria E1
1 – Andrea Verona #99 (ITA) – 80 pontos
2 – Thomas Oldrati #22 (ITA) – 68 pontos
3 – Matteo Cavallo #25 (ITA) – 52 pontos
4 – Theofile Espinasse #17 (FRA) – 50 pontos
5 – Antoine Magain #71 (GBR) – 45 pontos
9 – Bruno Crivilin #11 (BRA) – 29 pontos – Honda S2 Motorsport – CRF 250RX

Classificação geral (Enduro GP)
1 – Wil Ruprecht #57 (AUS) – 68 pontos
2 – Josep Garcia #26 (ESP) – 67 pontos
3 – Andrea Verona #99 (ITA) – 67 pontos
4 – Thomas Oldrati #22 (ITA) – 45 pontos
5 – Nathan Watson #91 (GBR) – 39 pontos

Dia 2 (cinco primeiros)

Categoria E1
1 – Andrea Verona #99 (ITA) – 57:18.66
2 – Thomas Oldrati #22 (ITA) – 58:13.88
3 – Theophile Espinasse #17 (FRA) – 58:21.54
4 – Matteo Cavallo #25 (ITA) – 59:08.90
5 – Antoine Magain #71 (BEL) – 59:30.24
7 – Bruno Crivilin #11 (BRA) – 1:00:18.41 – Honda S2 Motorsport – CRF 250RX

Classificação geral (Enduro GP)
1 – Wil Ruprecht #57 (AUS) – 56:54.39
2 – Josep Garcia #26 (ESP) – 57:00.48
3 – Andrea Verona #99 (ITA) – 57:18.66
4 – Thomas Oldrati #22 (ITA) – 58:13.88
5 – Theophile Espinasse #17 (FRA) – 58:21.54
19 – Bruno Crivilin #11 (BRA) – 1:00:18.41 – Honda S2 Motorsport – CRF 250RX

Dia 1 (cinco primeiros)

Categoria E1
1 – Andrea Verona #99 (ITA) – 1:09:01.08
2 – Thomas Oldrati #22 (ITA) – 1:10:13.00
3 – Matteo Cavallo #25 (ITA) – 1:10:58.09
4 – Antoine Magain #71 (BEL) – 1:11.29.05
5 – Theophile Espinasse #17 (FRA) – 1:11:32.74
7 – Bruno Crivilin #11 (BRA) – 1:12:39.03 – Honda S2 Motorsport – CRF 250RX

Classificação geral (Enduro GP)
1 – Wil Ruprecht #57 (AUS) – 1:08:14.76
2 – Josep Garcia #26 (ESP) – 1:08:18.41
3 – Andrea Verona #99 (ITA) – 1:09:01.08
4 – Thomas Oldrati #22 (ITA) – 1:10:13.00
5 – Brad Freeman #12 (GBR) – 1:10:13.81
20 – Bruno Crivilin #11 (BRA) – 1:12:39.03 – Honda S2 Motorsport – CRF 250RX

Calendário do Mundial de Enduro 2022
1ª etapa – 6 a 8 de maio – Lalin – Espanha
2ª etapa – 13 a 15 de maio – Peso da Régua – Portugal
3ª etapa – 24 a 26 de junho – Carpineti – Itália
4ª etapa – 1 a 3 de julho – Coimbra – Portugal
5ª etapa – 29 a 31 de julho – Gelnica – Eslováquia
6ª etapa – 5 a 7 de agosto – Zalaegerszeg – Hungria
7ª etapa – 14 a 16 de outubro – Zschopau – Alemanha

motoraid