Dakar, 2021 vai ser um ano mais duro

Dakar, 2021 vai ser um ano mais duro

O diretor da equipa HRC – vencedora da última edição do Dakar – comentou já a apresentação do percurso feita esta quarta-feira pela organização da prova.

Numa primeira conclusão, Rúben Faria referiu que “a ASO fez um excelente trabalho e, da informação que temos, podemos dizer que vai ser um Dakar muito duro. Eles querem adicionar mais navegação para abrandar o Dakar e torná-lo mais seguro, o que é bom.”

Entrando mais nos detalhes da prova, o algarvio antevê dificuldades na gestão dos pneus e afirma que “não vai ser tarefa fácil e o fator sorte poderá ser decisivo.”

Nesta segunda edição do evento na Arábia Saudita, Faria revela que “será um Dakar muito completo e técnico e pensamos que mais difícil do que o do ano passado.”

Com a segurança na mente de todos depois do falecimento de Paulo Gonçalves no Dakar 2020, Rúben confia que a organização vai fazer “um bom trabalho com o roadbook para que os pilotos tenham uma navegação complexa e, logo, mais segurança. Será um grande desafio para todos.”

motoraid