Enduro Portugal, Reajustados devido à pandemia

Enduro Portugal, Reajustados devido à pandemia

Os motores do enduro português só começarão a ser ouvidos no mês de Abril devido às circunstâncias da pandemia por COVID-19.

Três vertentes do enduro português terão o seu inicio atrasado por força das restrições atualmente impostas pelas autoridades no combate à pandemia do Covid-19. A impossibilidade de deslocações ao fim de semana e demais condicionamentos – inclusive para o necessário treino – ajudaram de forma natural a esta decisão, que atrasará o inicio da temporada em uma semana.

Português Enduro CFL – Uma semana depois
Por força do ainda vigente estado de emergência, e pela sua esperada manutenção ao longo do próximo mês de Março, a temporada do campeonato português de enduro vai começar apenas no dia 11 de Abril, uma semana depois do originalmente previsto. Vila Nova de Santo André irá acolher a ronda inaugural do calendário, apenas nas categorias séniores e sem o mini-enduro, estando igualmente já agendada a realização do enduro de Góis para o dia 2 de Maio, sendo que todas as restantes provas originalmente calendarizadas se mantém sem alteração.

Enduro Sprint Jetmar – Novo calendário para breve
Sem possibilidade de realizar nenhuma das provas originalmente agendadas todo o calendário do Enduro Sprint será ajustado e reformulado, sendo posteriormente anunciadas as suas datas, sendo que a Federação de Motociclismo de Portugal mantém a intenção de realizar quatro provas neste campeonato.

Mini Enduro Jetmar – ‘Desligado’ até ao final do Verão
No que ao campeonato português de Mini-Enduro Jetmar diz respeito e face às restrições vigentes para o desporto ‘junior’, o calendário também sofre alterações para ser realizado após o Verão, em sintonia com as restantes modalidades de outras áreas desportivas que o deverão fazer igualmente já na segunda metade do ano. Estão confirmadas as provas de Águeda, Cabeceiras e Lousã Classic.

motoraid