Febvre de volta ao Mundial de Motocross

Febvre de volta ao Mundial de Motocross

Depois de meses de recuperação pela fratura na queda no Paris Supercross do ano passado, o piloto francês da Kawasaki, Romain Febvre, vice-campeão de 2020 da MXGP, está pronto para retornar ao Mundial de Motocross, e essa volta acontece neste próximo final de semana, com o GP da Alemanha.

“Houve muitas más notícias nos últimos meses, mas agora tenho uma boa e estou tão feliz em anunciar que estarei de volta atrás do gate neste fim de semana. Eu não andei muito ainda, pois só treinei por duas semanas e meia até agora, mas a sensação com a moto já é muito boa, então é hora de voltar a correr. Como já expliquei anteriormente, o médico me disse que a dor vai me guiar e, mesmo que às vezes eu sinta alguma dor, isso é aceitável”afirmou Febvre.

“Eu vou para a Alemanha sem qualquer objetivo específico, pois eu não andei com nenhum outro piloto de ponta nas últimas semanas; Eu gostaria de andar com Ben (Watson) mas depois de seu acidente na Espanha ele não foi capaz de treinar na semana passada. Nós nunca paramos de trabalhar no meu programa de fitness, mesmo quando eu não era capaz de andar de motocicleta, então fisicamente eu estou pronto e eu acho que minha velocidade vai ficar ok, mas com certeza será mais difícil no início manter a velocidade durante toda a duração das motos. Mas temos que começar em algum lugar. Ainda não estou 100% mas como estou confortável na moto e como tivemos algumas boas sessões de treinamento é hora de ir e era melhor estar de volta à Alemanha em vez de esperar pela Indonésia. Não queríamos voltar para o exterior. é muito melhor fazê-lo na Europa, mesmo que Teutschenthal não seja a pista mais fácil para um retorno. Mas eu tenho alguma experiência e sei o que é necessário.” completou o piloto da Kawasaki.

motoraid