FOTOS, Primeira etapa do EI 2020 movimenta trilhas em Socorro (SP)

FOTOS, Primeira etapa do EI 2020 movimenta trilhas em Socorro (SP)

As motos roncaram e a poeira subiu. O Enduro da Independência 2020 começou nesta sexta-feira (4). Os pilotos percorreram as trilhas no percurso na região da cidade de Socorro (SP).

Participam 220 pilotos inscritos em 16 categorias. O EI terá quatro dias de provas, com trajeto partindo de Socorro, passando por Itajubá (MG) e chegando em Caxambu (MG).

Incrível e histórico são algumas das avaliações de pilotos inscritos neste ano. Além disso, eles valorizam os esforços da organização para a competição ocorrer em 2020, na data tradicional, sem alterações.

O jornalista Theo Mascarenhas é uma testemunha da história do EI. Afinal, ele ajudou a organizar a primeira edição, em 1983. O objetivo era recriar a última viagem de Dom Pedro I do Rio de Janeiro até Ouro Preto para articular a independência do Brasil.

E alcançar esta meta exigiu diferentes habilidades dos organizadores e do participantes 37 anos atrás. “Naquela época não tinha as facilidades eletrônicas que existem hoje, celular, GPS. Então a gente ia através de cartas do IGBE, conversando nas fazendas, levantando em livros, tal e recriamos esse trajeto”, disse.

Agora, em 2020, Mascarenhas aprova a evolução e adaptação do EI às necessidades atuais.

“Ao longo desses 38 anos, o enduro vem se reinventando, tenho certeza, para melhor. Descobrindo novos formatos, como esse agora, com distanciamento e segurança social. E também descobrindo novos percursos, novos destinos, como aqui em Socorro. Uma região muito privilegiada pela natureza com serras belíssimas e próximo a Minas Gerais”, analisou.

O piloto da categoria Elite, Tunico Maciel, vem de uma maratona de corridas. No entanto, isso não diminuiu a vontade dele de ganhar o Enduro da Independência. Pelo contrário, ele quer o troféu que ainda não tem.

“A expectativa é a melhor possível, venho treinando e batalhando para chegar à melhor forma possível. Eu já bati na trave dois anos, 2018 e 2019. Estou com muita sede de ter um bom resultado. Então é focar, trabalhar, fazer uma boa prova, concentrar. E, se Deus quiser, trazer um bom resultado”, comentou.

Tunico Maciel ressaltou a importância de não descuidar do protocolo de segurança para a realização da prova.

“Peço para que todos valorizem os organizadores, porque fazer uma prova nessas condições e com essa estrutura é muito difícil. Eu queria agradecer a todos e parabenizar por essa ótima competição. E também falar para todo mundo se cuidar, pra que a gente continue andando nesse pais inteiro fazendo o que a gente mais ama”.

A embaixadora do EI 2020, Bárbara Neves, também tem expectativas positivas para a competição e convoca os outros pilotos a desfrutarem a experiência.

“É uma competição incrível. Nesse ano, vai ser um pouco diferente das outras edições, mas, com certeza, vai ser fantástica. Gente, vamos aproveitar nesses quatro dias, mas sempre tomando cuidado e seguindo todas as medidas de prevenção. É isso aí, vamos nos divertir”, afirmou.

Estes e outros depoimentos estão do Informativo EI exibido nesta sexta (4). Confira a íntegra abaixo.

motoraid