Jonny Walker sai da EQUIPE KTM Red Bull

Jonny Walker sai da EQUIPE KTM Red Bull

KTM e Jonny Walker decidiram pôr fim ao relacionamento depois de oito temporadas de trabalho juntos – o que está por vir para o britânico ainda é desconhecido.
A KTM acaba de anunciar que seu acordo com a estrela do enduro extremo Jonny Walker foi concluído após um acordo mútuo. De acordo com o fabricante austríaco, uma reestruturação dentro da equipe, que está ligada às mudanças no programa de enduro nas últimas temporadas, os deixou sem a opção de manter Walker por 2021.

Jonny juntou-se à Red Bull KTM Factory Racing Team em 2011 e rapidamente obteve sucesso ao conquistar duas vitórias consecutivas em Erzbergrodeo em 2012 e 2013, antes de intensificar seu jogo e reivindicar a vitória no poderoso Red Bull Romaniacs em 2015. Juntamente com outra vitória no Gigante de Ferro, ele conquistou mais vitórias em Hell’s Gate, no Red Bull 111 Megawatt e no The Tough One.

Durante os últimos anos, Jonny foi atingido pelo azar com vários ferimentos. A mais difícil de superar foi a lesão dupla no pulso que ele sofreu no Megawatt em 2018, mas isso não o impediu de garantir inúmeros pódios nas corridas de WESS e SuperEnduro desde então.

“Em primeiro lugar, gostaríamos de agradecer muito a Jonny por tudo o que ele conquistou com a KTM Factory Racing.” Disse o chefe da equipe, Sr Fábio Farioli. “Tivemos bons momentos ao longo dos anos e alguns resultados incríveis – incluindo vitórias em alguns dos eventos mais difíceis do duro calendário de enduro, bem como no Campeonato Mundial de SuperEnduro.

“Ele tem sido uma parte importante de nossa equipe e parte integrante de nosso sucesso contínuo. Apesar de nossos melhores esforços, não conseguimos negociar um acordo para manter Jonny na equipe. Desejamos a ele tudo de melhor para o futuro. ”

A opinião de Jonny: “Espero que possamos estar de volta em 2021. Vamos resolver algumas coisas porque ainda nao me aposentei, estou com fome de ganhar mais corridas, espero que o SuperEnduro e as corridas extremas avancem, e quem sabe, talvez algumas corridas na América. Finalmente, gostaria de agradecer a KTM e Farioli por toda a ajuda e aos meus patrocinadores Red Bull, POD e Leatt que continuarão a me ajudar em 2021. ”

Aguarde cenas dos proximos capítulos…

motoraid