Moto a DIESEL, conhece? 90km com 1 litro! Click e SAIBA MAIS!

Moto a DIESEL, conhece? 90km com 1 litro! Click e SAIBA MAIS!

O que importava era distância, não a velocidade. A Taurus conseguia percorrer 90 quilómetros com 1 litro de diesel, mas tremia tanto que eram preciso pulsos fortes e firmes para a segurar!
Ao contrário do que acontece no mercado automóvel, no mundo das motos as opções com motores a diesel são praticamente inexistentes. Enquanto fábricas como a Mercedes, Kia e Ford, produzem opções económicas a diesel, nas duas rodas esta tecnologia foi negligenciada. Mas nem sempre foi assim. Na Índia, desde o final da década de 1980 até aos anos 90, popularizou-se a Royal Enfield Taurus, também conhecida como Bullet Diesel.

Com base na plataforma de longa duração da marca, a Taurus compartilhava o farol redondo da Bullet, os guarda-lamas metálicos, o depósito de combustível e banco. Mas em vez do motor monocilíndrico movido a gasolina, a Taurus abrigava um motor diesel de 325cc acoplado a uma caixa de quatro velocidades. O motor ostentava a menor capacidade de motor da Royal Enfield e a saída de potência refletia isso. Com apenas 6,5 cavalos de potência, um binário fraquinho e uma velocidade máxima de 65 km/h, a Taurus era mais um andarilho do que um touro furioso.

No entanto, o dócil diesel percorria mais de 90 km com 1 litro de combustível, podendo com facilidade ter uma economia muito acima de qualquer motor a gasolina. Junto com a sua economia de combustível impecável, o motor Taurus reduziu ainda mais os custos de manutenção. A Royal Enfield abandonou a unidade turbo e intercooler encontrada em motores convencionais de diesel, facilitando o trabalho dos clientes. Essa arquitetura básica também facilitou a produção, e o modelo beneficiou dos baixos preços do diesel durante esse período.

Por outro lado, a alta taxa de compressão do motor produzia vibrações pesadas, com os condutores a reclamarem de problemas nos pulsos e ombros, como resultado. Como a maioria dos antigos motores diesel, a Taurus também emitia um espesso fumo preto do escape de uma única saída. Apesar da sua economia inigualável, a produção de emissões do Taurus não poderia passar pelos padrões cada vez mais rigorosos da Índia até ao ano 2000. Assim, a Royal Enfield descontinuou o modelo, eliminando do seu catálogo uma das únicas motos a diesel do mundo produzidas em série.

motoraid